Carta de Solidariedade aos signatários da “Carta de saída das nossas organizações (MST, MTD, Consulta Popular e Via Campesina) e do projeto estratégico defendido por elas”

Solidarizamo-nos com os 51 companheiros e companheiras signatários/as do documento “Carta de saída das nossas organizações (MST, MTD, Consulta Popular e Via Campesina) e do projeto estratégico defendido por elas”. Estes militantes, que devotaram toda sua vida dentro destas organizações explicitam por meio deste documento, divergências que servem para um debate fundamental dentro dos movimentos sociais.

A lúcida análise dos companheiros, que redundou em sua saída, demonstra que a luta e a organização popular exigem posturas comprometidas com a autonomia dos movimentos populares. Defender um projeto radical de transformação da sociedade que fique refém da promíscua relação de movimentos sociais e governos faz com que os caminhos da emancipação da classe trabalhadora sejam comprometidos.

A ocupação de postos institucionais e cargos nos “aparatos”, longe de contribuir para a luta popular, em longo prazo comprometem totalmente a autonomia dos movimentos e subordinam as lutas às agendas pontuais do estado burguês. Um projeto de ruptura, passa pela construção de mecanismos de poder popular, construídos e integrados pela própria base, e que acumulem, fora da institucionalidade burguesa, os passos para a transformação radical da sociedade.

Reafirmamos aqui a solidariedade aos companheiros, que saberão ocupar postos na luta sem prejuízo para com seus princípios revolucionários. A opção em lutar contra o aparelhamento dos movimentos sociais pelos governos e instâncias externas deve ser respeitada por todos os lutadores e lutadoras e não deve ser vista com “traição”, saída a “direita” ou qualquer adjetivos que tentem reduzir o debate à mera desqualificação.

As trincheiras da luta são amplas o suficiente para aqueles que discordam do rumo de suas organizações possam engajar-se em outros caminhos rumo a uma sociedade profundamente igualitária.

Pela organização de base. Pelo poder popular!

Movimento dos Trabalhadores Desempregados Pela Base

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s